Ateuzinho Geração Toddynho – Crítica

Há milhares de ateus militantes fanáticos que estão nessa onda de modinha apenas por uma aparente rebeldia e essa crítica é totalmente válida. São realmente chatos e ficam desesperadamente querendo que os outros saibam tambem da “novidade”. Quando se incorpora uma posição X como “verdade” ou “posição correta” a ser seguida, é o comportamento mais normal do mundo ser um MALA SEM ALÇA AO EXTREMO.

Culturalmente o brasileiro é trolador, nota-se visivelmente isso quando o assunto entra na esfera da política e do futebol. Não seria diferente na religião (ou na falta dela), há muitos religiosos troladores também e se notarmos bem são justamente os que encontraram essa posição recentemente, tipo, há menos de 10 anos. Jogar essa “tradição troladora brasileira” como se fosse uma comportamento negativo é uma boa questão a ser discutida e bem debatida!

Na minha opinião trata-se de uma fase, assim como os jovens trolam uns aos outros em relação aos clubes de futebol, isso ao passar do tempo, com o amadurecimento que traz a idade, tudo vai entrando na cabeça dessa pessoa e as ideias começam a se equilibrar, e este nota o quão desnecessário é esse tipo de atitude, por vezes infantil. Ao contrário dessa visão, há pessoas de mais idade que trolam uns sim! Como no caso de futebol, há! Mas essencialmente a proporção é menor do que quando este era jovem e toda aquela “febre” ainda era moda e fazia parte de um grupo mais enfocado. Na política também ocorre o mesmo, toda aquela novidade cegam os novos ativistas, que só irão começar a amadurecer seus ideais com o tempo, depois irão até achar esquisito e constrangedor como se comportavam inicialmente. Esse comportamento político está ocorrendo comigo nesse momento, pois não amadureci politicamente ainda, só boas leituras, reflexões e principalmente O TEMPO trará o devido e ideal discernimento.

O que acontece é isso, aquele BOOM inicial. E no auge do compartilhamento de informações pela internet, o que mais temos vistos é o aumento exponencial de ateus (e/ou neo-ateus) devido justamente a isso, a libertade que a internet nos dá. De nos expressar. O que não ocorria por exemplo, muito recentemente há 10 ou 20 anos atrás, quem diria então há 100 anos atrás? (Não deixando esquecer que ateus foram e ainda são uma minúscula parcela da população) Nesta época haviam ateus também, grande maioria de bicos calados! Devido a opressão e a cultura em sua época, imagine todo isso enclausurado na falta de libertade desse tipo comportamento há tantos e tantos anos?

Mas a questão que me chamou mais atenção no vídeo é que colocar todos esses novos ateus, como cegamente manipulados, de comportamento infantil, inclusive tratando-os até como viados (como se isso fosse um insulto), depressivos e insatisfeitos da vida. Ocorre no vídeo um grande equívoco de apenas mais um desses tipos de troladores, o objetivo do vídeo é combater os troladores ateus, trolando-os? Haja ataques pessoais…

Por fim, que vossos dados jamais se corrompam e continuem compartilhando arquivos e TODO o tipo de informação!

Ctrl-C + Ctrl-V

Anúncios