Grêmio imitando crioulo, mais uma vez

diamulher.jpg

Saiu no Terra.

Com inveja, o Grêmio agora quer imitar o Internacional, que no confronto do dia 8 de Março (dia Internacional da Mulher) contra o Brasil de Pelotas no Beira-Rio liberou o acesso gratuito a mulherada e teve público récorde no gauchão e contabilizou público de 46.472 torcedores.

Agora a diretoria do clube azenhense antecipou para esta quinta-feira o confronto contra o Sapucaiense, no Olímpico, que era para ser disputada no sábado e também anunciou que mulheres, crianças e idosos também terão acesso gratuito.

Não entendeu a expressão: “Imitando crioulo“? – leia aqui.

Anúncios

Geral do Grêmio inventou?

Pronto, pronto… parem de chorar suas bonequinhas!
A confusão sobre o termo “Geral” foi corrigido.

A verdade é só uma, a Geral do Grêmio inventou tudo o que existe no quesito torcida de futebol.

Uma prova muito recente disso é o tal assunto dos guardas-chuvas, no dia 12 de Março o Internacional foi jogar no Alfredo Jaconi em Caxias, lá a torcida do Inter fez festa e levou meia dúzia de guardas-chuvas. Hoje, dia 16 no confronto Grêmio x Santa Cruz, a Geral do Grêmio fez festa e fez o quê? Sim… Levou meia dúzia de guardas chuvas.

Agora me pergunte o que os gremistas pensam disto, pasmem e leia o que eles pensam:

‘A geral popular do Inter teria copiado a idéia dos guardas-chuvas pelo Orkut’.

Mas outro fato também ocorreu semana passada, no Orkut, alguns gremistas plantaram tópicos por volta do dia 4 de Março, o tópico tinha uma foto de um guarda-chuva com as cores do Grêmio e servia únicamente para um propósito, afastar a hipótese de que o Grêmio copiara uma idéia da Geral Popular do Inter.

Claro que é uma idéia muito boa, mas acontece que ficou muito explícito e até ilógico a criação em massa de tópicos desse tipo, como se fosse ‘para registrar’ que a Geral do Grêmio teve a idéia, entecipando assim exibição nos dias de jogos. Mas, se esses tópicos não foram feitos para plantar um ‘registro’, porque demoraram tanto para exibir os guardas-chuvas ao público? Foram exatos 12 dias.

Já, a Geral Popular do Inter que não plantou registro algum no Orkut, mostrou seus guardas-chuvas no dia 12, 8 dias após os gremistas terem ‘plantado a idéia’. Isso faz sentido? Claro que não. Certo que tem outra história atrás disso, algo como terem descoberto a fabricação dos guarda-chuvas colorados e correram para fazer modelos gremistas, tirar fotos e plantar no Orkut. Aposto que a história não é muito diferente disto, afinal, ‘espionagem industrial’ em uma torcida é muito corriqueiro, sendo que fábricas de guarda-chuvas de Porto Alegre certamente não tem seu efetivo apenas de colorados, mas também muitos gremistas!

Além do fato de que os guardas-chuvas colorados apareceram ao público antes dos guardas-chuvas gremistas, ou seja, por lógica foram produzidos e fabricados ANTES, na década de 70 a Guarda Popular também levou guardas-chuvas e bandeirolas nos jogos do Inter, em Abril de 1979 a Placar registrou um desses encontros, que serve aqui apenas como ilustração.

Sim, no sul existe Gre-Nal até para as inovações das torcidas.

Mais uma vez a Geral do Grêmio ‘Imitando Crioulo, heim‘?

Quem não entendeu o trocadilho acima, leia aqui.

Gremistas neonazistas tentam criar torcida organizada

Torcida neonazista gremistaTorcida neonazista gremistaQue na torcida do Grêmio existem neonazistas isso não é mais novidade, a novidade fica por conta de uma tentativa torcida neonazistadessa torcida se tornar organizada, a “Torcida Camisa 88 Gremista” é o nome dado ao movimento, que até camisetas estão pensando em fazer. Com isso o Grêmio se torna o primeiro clube brasileiro a ter uma torcida neonazista. O SS Lázio, um dos maiores clubes da Itália também tem uma torcida organidada nazi-facista.

“Torcida 88” está em formação e usa um site de relacionamentos com o objetivo da torcida crescer em número. O nome da nova torcida é uma alusão a saudação “Heil Hitler”, ou “HH”. No alfabeto a oitava letra é o H, sendo que dois H’s formariam o 88, a saudação nazista.

Mais informações:

Orkut – Torcida Camisa 88 Gremista
Globo Esporte – Polícia identifica neonazismo na torcida
Wikipédia – 14/88 – Expressão nazista

Internacional atropela Campeão Alemão e Campeão Italiano e leva troféu de Dubai

Em sua pré-temporada no deserto de Dubai, o Internacional vence com facilidade Stuttgart (atual campeão alemão), Inter de Milão (atual campeão italiano) e conquista o troféu da Dubai Cup, leva também a invejada quantia de 1 milhão de dólares.

dubai cup 2008

Pra uma pré-temporada, tá de bom tamanho…

A poltrona 36

priscilla

 É impressionante a qualidade dos ônibus rodoviários fabricados no Brasil. Eles são desenvolvidos com a mais moderna tecnologia, para proporcionar aos passageiros o máximo espaço e conforto em viagens interestaduais.As maiores empresas de ônibus do mundo possuem esses exemplares brasileiros que lhes oferece economia, resistência e o menor custo operacional possível.
Atentos a essas vantagens, também os clubes de futebol adquiriram ônibus. O Grêmio até se orgulha disso. O Trovão Azul, adquirido na gestão do presidente Guerreiro, é um espetáculo e permite, em viagens longas, que os craques gremistas descansem depois de um dura partida de futebol.

Esse ônibus, orgulho do ex-presidente Flávio Obino, possui dois andares. A parte de baixo, é dedicada ao entretenimento. Lá existe um bar, televisão, som e mesas de jogos. Os rapazes mais alegres preferem o andar de baixo. No andar de cima, viajam àqueles que querem descansar, relaxar, dormir.

Tudo estaria correto não fosse a utilização, por alguns jogadores, do andar de baixo do Trovão Azul, para promoverem uma verdadeira orgia. Isso foi visto pelo ex vice-presidente de futebol, Hélio Dourado. A festa teria ocorrido na volta de Curitiba.

No andar de baixo foi realizada uma farra, enquanto integrantes da comissão técnica, dirigentes e a maioria dos atletas tentava descansar no andar de cima.
Esse comportamento se repetiu na vinda de Pelotas, depois do jogo contra a Ponte Preta.

Nessa noite, no andar de baixo, os rapazes alegres até dançaram a Éguinha Pocotó.

O dr. Hélio Dourado, um gremista de história no clube, se diz chocado com o que viu: “ Vi coisas que jamais pensei que veria. Esses cavalheiros, com graves problemas de comportamento, não podem vestir a camisa do Grêmio”, disse Dourado, um dos cardeais do clube.

O que teria visto Dourado para se dizer horrorizado com os fatos a ponto de fazer uma relatório apontando para Odone os indisciplinados do grupo?
Ao que se diz, não foi somente as farras ocorridas no andar de baixo do Trovão Azul, que deixaram o experiente dirigente indignado.

O pior teria ocorrido na poltrona 36.

O andar de cima do Trovão Azul possui dezenas de poltronas. A última, lá na parte traseira do ônibus é a poltrona de número 36. Não fosse se localizar praticamente em cima das rodas traseiras, a poltrona 36 seria igual as outras. Ela dispõe do mesmo conforto e até amacia os solavancos. Normalmente, os jogadores que querem descansar ficam bem distantes do fundo do ônibus. Lá, um mesmo grupo se aboleta no conforto das poltronas para jogar conversa fora. A conversa, quase sempre em tom mais alto, provoca gargalhadas homéricas. Quem quer silêncio, também não senta por lá.

Pois, foi na poltrona 36, no fundo do ônibus, que um dirigente teria visto uma cena que o teria escandalizado. Pelo menos era isso que se dizia na noite da posse de Paulo Odone, na presidência do Grêmio.

A bordo do Trovão Azul o time voltava de Curitiba. Um dirigente estava sentado nas poltronas localizadas na parte da frente do ônibus. Cansado, e sem conseguir conciliar o sono resolveu espichar as pernas. Ele se levanta e vai até o fundo do ônibus e vê uma cena que o deixou petrificado. Na poltrona 36, dois jogadores, desolados com a derrota ou alheios a ela, se consolavam.

Escandalosamente.

Quem viu, viu! Quem não viu, ouviu.

À boca pequena!!!

Fonte: Jornal do Comércio

DVD Gigante, mensagem do Fernandão

Eu aqui no Inter, aprendi a conhecer o valor do clube.011343317-ex00.jpg

Eu sei que um time que ganha o campeonato mundial não é so composto por aqueles que entraram em campo, toda historia do clube entra junto nessas grandes horas.

Junto com o Paixão estava o Gilberto Tim.

Junto com o Abel estavam o Teté, Minelli, Ênio Andrade, Dino Sani, que são lendas do Inter.

Junto com Clemer, o Gainete, O Manga, o Taffarel, o Renan e o Marcelo, O Schneider, o Benitez.

O Ceará não marcou sozinho, porque junto estavam Granja, Cláudio Duarte, Luiz Carlos Winck, Paulinho, Alfeu.

Uma zaga entre Indio e Eller, mas uma história tem Escala, Figueroa, Gamarra, Florini, Mena, Pontes, Mauro Galvão, Bolívar, Pinga.

Na lateral esquerda Rubens Cardoso teve apóio do Oreco, Abigail, Cláudio Mineiro, Sadí, Vacaria.

No de meio campo o Inter teve figuras que não deixariam o Edinho só, imagina se não iam estar ali marcadores como Caçapava, Batista, Bingo, Lambari.

Com Wellington Monteiro, craques do passado como Falcão, Tinga, Salvador.

Comigo e com Gabiru, o Alex, o Daniel Carvalho o Rubens Paz e o Bráulio.

O Iarley foram acompanhados pelo Sóbis, Valdomiro, Tesourinha, Mario Sérgio e tantos outros que fizeram história.

Com o talento do Pato, Carlitos, Larry, Bodinho, Lula, Chinesinho.

Com o Luiz Adriano, os sempres lembrados Dario, Flávio Minuano, Renteria e Claudiomiro.

88637217.jpg