Marcelo Crivela e seu discurso verborrágico na Câmara dos Deputados

Hoje recomendo a leitura deste blog, sobre o assunto: Marcelo Crivela e seu discurso verborrágico na Câmara dos Deputados.

http://www.implicante.org/blog/sobre-criacionismo-marcelo-crivella-camara-dos-deputados-e-amebas/

“Ora, se a doutrina do evolucionismo está correta e um gênero se transforma em outro e a natureza assim evolui, por que não se encontrou até hoje um fóssil sequer em que seja metade anfíbio e metade ave, ou peixe; ou um fóssil sequer que traga características metade homem, metade macaco; aonde está…”

– Marcelo Crivella, Ministro da Pesca e da Agriculcura, pastor e cantor evangélico e escritor.

Anúncios

Desembargadores crentes ficam estressados e prometem dar pití

Desembargadores organizem movimento pela volta dos crucifixos em salas do judiciário gaucho

Em decisão na última terça dia 06 de março o TJ-RS decidiu de forma unânime a retirada de objetos religiosos dos prédios da Justiça estadual gaúcha, a pedido da Liga Brasileira de Lésbicas!

Isso mesmo, a liga está metendo o pau na bancada crente!

Mas após a determinação do Conselho de Magistratura e a retirada dos objetos, na maioria crucifixos, os desembargadores Alexandre Mussoi Moreira e Carlos Cini Marchionatti, já determinaram que o crucifixo seja recolocado nas salas onde eles atuam porque o assunto ainda não transitou em julgado, e que inclusive cabe recurso.

Mais informações você pode procurar no Google, ou ler aqui e aqui.

Os ‘Milagres’ do nosso santo

É muito claro pra mim o quanto a Igreja Católica está desesperada com sua perda de fiéis. Nos últimos anos ela tem perdido espaço para evangélicos, espíritas, muçulmanos, e até para o agnosticismo e ateísmo. Qual a solução então ? Criar santos! E só agora resolveram dar importância ao nosso insignificante país de terceiro mundo, mas que possui 125 milhões de católicos. Ótima estratégia para tentar recuperar fiéis.

Mas vamos aos supostos “milagres” que canonizarão nosso Frei Galvão no próximo dia 11 de Maio. Primeiro houve a “impressionante” cura da menina Daniela da Silva, internada com hepatite B e encefalopatia hepática.

Que tal lermos isso:

“A maioria das pessoas que pega o vírus da hepatite B cura sozinha (nove em cada dez) e não precisa de tratamento específico.”

Hmmm…interessante.

Ou que tal essa ?

Em outras palavras, o que esta menina sofreu (que é uma doença realmente terrível), não é incurável. E lembremos também que durante todo este tempo, ela estava sob cuidados médicos !! Talvez se ela fosse curada sem nenhuma assistência médica, internações, ou remédios, seria algo mais impressionante.

O segundo “milagre” foi o nascimento complicado do menino Enzo, sua mãe tinha útero bicorne, o que dificulta muito a gestação. Apenas dificulta, mas não impossibilita.

“As anomalias nos órgãos reprodutores femininos, como o útero bicorne ou um colo uterino débil… aumentam o risco de aborto.”

Sandra, a mãe, já havia perdido 4 fetos, e resolveu então fazer uma cerclagem cervical preventiva, para evitar o fim de outra gravidez. Ué?! Achei que ela foi curada por um milagre e não pela ciência e medicina moderna. Mais uma vez, se ela tivesse o filho sem ajuda alguma da medicina ou intervenções cirúrgicas, aí sim eu ficaria impressionado.

Resumo, não houve milagre algum, apenas dois casos isolados de pura sorte. Milagre pra mim é algo realmente impossível acontecer. Nascer membros amputados, tetraplégicos competirem 100 metros rasos, ou dormir com síndrome de down e acordar zerado. Estes sim seriam milagres.

Outra observação a ser feita é sobre a probabilidade de ser “curado” pelas pílulas milagrosas do Frei. Ele morreu há 185 anos, em 1822. Imaginando que durante estes anos, todos os 52 domingos do ano, 100 fiéis roguem por curas. Chegaremos a 962.000 preces onde apenas duas foram supostamente atendidas. Isto é uma probabilidade de “cura” de 0,0002%.

Prefiro as chances da ciência moderna.

Mas a Igreja não está interessada em verificar as evidências e tomar decisões responsáveis. O importante agora é ter mais santos!! Vamos recuperar os fiéis que trocam seis por meia dúzia, saindo de uma religião inócua para outra.

Usurpado do blog do Leandro Parente.