Marcelo Crivela e seu discurso verborrágico na Câmara dos Deputados

Hoje recomendo a leitura deste blog, sobre o assunto: Marcelo Crivela e seu discurso verborrágico na Câmara dos Deputados.

http://www.implicante.org/blog/sobre-criacionismo-marcelo-crivella-camara-dos-deputados-e-amebas/

“Ora, se a doutrina do evolucionismo está correta e um gênero se transforma em outro e a natureza assim evolui, por que não se encontrou até hoje um fóssil sequer em que seja metade anfíbio e metade ave, ou peixe; ou um fóssil sequer que traga características metade homem, metade macaco; aonde está…”

– Marcelo Crivella, Ministro da Pesca e da Agriculcura, pastor e cantor evangélico e escritor.

Anúncios

Desembargadores crentes ficam estressados e prometem dar pití

Desembargadores organizem movimento pela volta dos crucifixos em salas do judiciário gaucho

Em decisão na última terça dia 06 de março o TJ-RS decidiu de forma unânime a retirada de objetos religiosos dos prédios da Justiça estadual gaúcha, a pedido da Liga Brasileira de Lésbicas!

Isso mesmo, a liga está metendo o pau na bancada crente!

Mas após a determinação do Conselho de Magistratura e a retirada dos objetos, na maioria crucifixos, os desembargadores Alexandre Mussoi Moreira e Carlos Cini Marchionatti, já determinaram que o crucifixo seja recolocado nas salas onde eles atuam porque o assunto ainda não transitou em julgado, e que inclusive cabe recurso.

Mais informações você pode procurar no Google, ou ler aqui e aqui.

Anvisa proíbe o uso de aditivos no cigarro?

Fonte: http://oglobo.globo.com/economia/anvisa-proibe-uso-de-aditivos-em-cigarros-4300162

Na minha opinião a maior falácia está nesta proibição dos aditivos.

Como de praxe, a falta de fiscalização do estado mais uma vez cria um cerceamento e restrições que prejudicarão trabalhadores que não devem ser penalizados pela falta de eficácia do estado na fiscalização.

O cigarro não deixa de ser cigarro por causa destes aromas, continua sendo um produto controlado e altamente taxado (como deve ser), então se crianças e adolescentes usam esta droga aromatizada como porta de entrada, o problema está na fiscalização e não nos aromas, que culpa os fabricantes e seus trabalhadores tem se a proibição da venda a maiores de 18 anos está só no papel e a fiscalização é ineficiente?

Chinêzinho de vidro quebra e deixa o timão na mão

Atacante chinês Zizao, do time mais poderoso (costa quente) do futebol brasileiro já apresentou problemas em seu funcionamento durantes testes realizados com bola.

De acordo com o departamento de marketing, a troca do produto está fora de cogitação, embora haja rumores de que integrantes da comissão técnica estejam envolvidos com o suposto desaparecimento da Nota Fiscal.

Google chuta a bunda do ECAD, que admite erro

O ECAD, orgão fiscalizador que cobra taxas de direitos autorais, tinha a intenção de cobrar pela incorporação de vídeos do YouTube e Vimeo em alguns blogs.

Levou um baita puxão de orelha da Google.

O caso ganhou repercussão na mídia mundial devido sua tamanha imbecilidade.

O próprio diretor de políticas públicas da Google Brasil teve que perder seu tempo pra esclarecer a situação e dar “uma luz” pra ECAD.

E a Google ao meu ver, só reconhece esse órgão devido ao próprio tamanho de sua gigante empresa que se obrigou a se tornar uma multinacional e com filial tupiniquim, pois se existisse somente a Google Inc (a Google da Califórnia/US) e controlasse tudo de lá, eu acharia muito bom ela “dar de ombros” pra esse assunto.

Brasileiro mais uma vez sendo motivo de piada lá fora.

Caso Nardoni – E se, de fato, forem inocentes?

Vocês nunca se colocaram no exato lugar deles? Imaginar ser o Alexandre ou Anna Carolina e que o que eles falaram em depoimento hoje de fato foi o que eles presenciaram?

Façamos um exercício mental e coloque-se no lugar de um deles por alguns instantes.

Lembre-se de uma certeza:

  • A verdade para você: É que você é inocente das acusações e que não sabe o quê aconteceu no apartamento.

É foda.

100 mil sócios seguram o Nilmar no Internacional?

Após especulações sobre o Manchester estar interessado no Nilmar para ocupar o lugar de C. Ronaldo, pipocam na imprensa brasileira a dúvida. O Internacional com a crescente receita vindo de seus quase 95 mil sócios (e aumentando) sempre ostentava a máxima de que com 100 mil sócios não seria mais necessário vender um jogador por ano para equilibrar a receita do clube.

Será que isso é verdade ou é apenas mais uma forma de incentivo para conseguir sócios. Comente e Vote.